O orar e o servir a Deus!

Introdução:

A oração é algo que nos envolve naquilo que Deus quer fazer.

A oração é dirigida a um Deus com um programa bem definido.

Ele prometeu o que ia fazer, e agora está cumprindo seu programa.

O desenvolvimento do plano de Deus!

O Plano de Deus não se limita apenas a Jesus.

Jesus buscou incorporar outros a este programa fazendo deles pescadores de homens.

Os discípulos se identificam com o programa de Jesus e são eles que Ele ensina a orar.

Como orar em conformidade com o plano de Deus.

Orar é identificar-se com o programa e planos de Deus.

Não é pedir o apoio dele para nossos pequenos programas.

Através da oração Deus nos oferece algo que o mundo acha absurdo: a audácia de ousar transformar o mundo por meio do Evangelho.

Como orar pelo plano?

Se vamos participar do programa de Deus através da oração, devemos estar atentos a três etapas:

Primeira Etapa:
Faça uma lista das coisas que Deus quer fazer na sua família, na sua igreja, ou na sua cidade. Crie uma visão do programa de Deus e das pessoas que Ele quer tocar. Comece a orar por estas pessoas para que Deus realize seu programa na sua vida.

Segunda Etapa:
Reconheça que você não oferece nada a Deus.
É um privilégio poder se dirigir a Ele.
Seja pobre de espírito, manso, faminto e sedento de justiça.
Olhe para a lista que você fez acima.
Você deve sentir que não tem condições de fazer isto.
Gaste tempo, então, com seu Pai, em oração.
Um obreiro deve sentir necessidade de gastar um bom tempo diariamente falando com Deus.

Terceira Etapa:
Ensine seu povo a orar. Não os ensine a “fazer uma oração” e sim a orar. Cuide bem para que eles desenvolvam um relacionamento com Deus. Não deixe o povo pensar que oração é o que os crentes fazem para conseguir o que querem.

Conclusão:

Devemos procurar saber o que Deus quer fazer em nosso bairro, em nossa igreja, e através dos membros da igreja onde vivem e trabalham.
Assim poderemos participar do programa de Deus em oração, apoiando activamente as nossas orações através do comportamento.
Finalmente, quando entendermos o que é ter Deus como Pai, seremos menos tentados a torcer o braço de Deus através da oração.


About this entry