Servir com desprendimento…

“Pela fé Abraão, sendo chamado, obedeceu, indo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia. Pela fé habitou na terra da promessa, como em terra alheia, morando em cabanas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa. Porque esperava a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus”. Hebreus 11:8-10

Quando pensamos em servos fieis, que deram provas vivas de sua fidelidade e propósito em servir a Deus, não podemos deixar de pensar em Abraão, o servo que se dispôs a obedecer a Deus mesmo se ver qualquer sinal visível aos olhos humanos.

O que terá feito de Abraão um servo aprovado, cuja vida é citada na relação de heróis da fé?

Tenho pensado em muitas virtudes de Abraão, todas me levam a considerá-lo um servo fiel, mas creio que uma virtude que muito me inspira no propósito de servir ao Senhor, é a virtude do desprendimento.

Abraão, apesar de ser prospero, gozar de conceito em sua região, ele não teve dúvidas em deixar tudo e obedecer ao chamado de Deus.

A razão de tal desprendimento está no fato de Abraão almejar alcançar a promessa divina, ele cria na promessa de uma nova terra, uma cidade preparada com base nos fundamento de Deus.

Qual tem sido a nossa esperança? Qual tem sido a nossa motivação maior, que nos faz considerar a obediência ao Senhor como prioridade em nosso viver?

A obediência ao servir a Deus nos levará à terra prometida, onde diante de Jesus, receberemos a coroa da vida.

“Nada temas das coisas que hás de padecer. … Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida”. Apocalipse 2:10


About this entry