A Oração do Servo … Parte 4

O servo que está em paz com Deus, é aquele que não vive só para si, que não busca ser somente abençoado, mas sim, ser fonte de bênção para outros.

A oração de Jesus no capitulo 17 de João, revela um servo que está em paz com o Pai, o que permite que ele se apresente diante do mesmo de forma livre e realizado.

Como temos nos apresentado diante de Deus em nossos momentos de oração?

Se somos servos do Senhor, podemos nos apresentar diante dele em paz pelo dever cumprido?

Jesus disse: “Eu ofereço a minha vida por eles, para que também eles sejam verdadeiramente teus”. Vs.19

Há dois sentimentos que marcam a vida de um servo fiel a Deus.

O sentimento de doação, ou seja, consagração total, sendo que este sentimento é fruto de um verdadeiro amor ao Senhor.

Como se ama a Jesus de forma verdadeira?

Jesus respondeu-lhe: “Ama o Senhor teu Deus com todo o teu coração, com toda a alma e com todo o entendimento”. Mateus 22:37

Só por amor alguém pode oferecer sua vida em favor de outro.

O outro sentimento que vemos no servo fiel, é o sentimento de partilhar a bênção com outros, desejar que outros venham a participar da grande bênção de serem feitos filhos de Deus, herdeiros das bênçãos celestiais.

“… para que eles também sejam verdadeiramente teus”.

Como servos de Deus, devemos sempre lembrar de que só há um meio das pessoas se tornarem filhos de Deus, e para que isto aconteça, é preciso ser um servo que oferece a sua vida para ser um anunciador da mensagem da salvação, buscando assim o cumprimento da palavra que diz:

“Mas àqueles que o receberam e acreditaram nele,(Jesus),deu o privilégio de se tornarem filhos de Deus”. João 1:12

Amém!


About this entry