O Servo, a fé e a amizade…

Creio que todo ser humano sente a necessidade de exercitar duas importantes ações que serão para ele uma fonte de vida.

Todo ser humano precisa exercitar sua fé.

à fé, um dom dado por Deus, não se conquista por conta ou mérito humano, mas sim, porque o mesmo tem a sua vida fundamentada na fé, ele tem a necessidade de crer, de acreditar em algo, em alguém, em si mesmo.

É possível afirmar que ninguém vive sem fé.

Mesmo aquele que diz não existir um Deus, vive em função de sua fé.

Amizade!

O que seria a vida sem amizade, sem a possibilidade de fazermos e sermos amigos?

Com certeza o ser humano foi criado para viver em comunidade, em família, em uma sociedade composta por muitas pessoas.

Se assim não fosse, Deus não teria criado homem e mulher, nem teria dito “Sêde fecundos e multiplicai-vos”.(Gênesis 1:28)

Como servos do Senhor, devemos nos apresentar diante de Deus com esses dois requisitos fundamentais para o nosso viver.

Desejar canalizar a nossa fé para a pessoa de Jesus, desenvolvê-la na prática da vida, e desejar desenvolver um relacionamento com Deus de forma a desenvolver uma amizade genuína com ele.

Assim foi com Abraão no passado.

Chamado por Deus para uma missão, a de ser bênção para todas as famílias da terra, ele iniciou seu ministério exercitando a sua fé, obedecendo a Deus, mesmo sem saber o seu futuro destino.

O fato de obedecer a Deus pela fé, mesmo quando foi desafiado a oferecer seu único filho como sacrifício vivo a Deus, ele pode conhecer o Deus que o chamara, e assim desenvolver uma amizade com ele.

O verdadeiro amigo é aquele que é merecedor de nossa confiança.

Pela sua fé viva em Deus, Abraão é lembrado até os dias de hoje, como o “Pai da Fé”.

O apóstolo Paulo a falar de Abraão, ele diz:

Que diremos nós do nosso antepassado Abraão? Que se passou com ele? Se conseguiu a amizade com Deus por causa das obras que praticou, então poderia sentir orgulho nisso e não em Deus. Mas a escritura diz a tal respeito: “Abraão acreditou em Deus e, por isso, Deus o colocou em boas relações consigo”. (Romanos 4:1-3)

O que faz de um servo amigo de Deus, não são as suas obras, mas sim a sua fé, que o leva a realizar as obras.

“…nós afirmamos que a fé de Abraão lhe foi tida em conta e lhe deu a amizade com Deus”. (Romanos 4:9)

O mundo hoje precisa ver em nós, pessoas que servem a Jesus cheios de fé e com uma verdadeira amizade para com Deus.

Amém!


About this entry