O difícil caminho do Servo…

Todo aquele que se dispôs a servir a Jesus e a sua Igreja, sabe muito bem como tem sido o seu caminhar, as lutas e os obstáculos que encontra no serviço ao Senhor.

Isto não deve ser surpresa para o servo.

Pois se conhecemos a Jesus como nosso Senhor e Salvador, se estamos atentos para com a suas palavras, somos advertidos por Ele quanto ao “tomar da Cruz” e seguí-lo.

“Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me; Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á”. Mateus 16:24,25

Os discípulos de Jesus enfrentaram os percalços do caminho dos servos, eles, como nós nos dias de hoje, também perguntavam se valia a pena, qual seria a recompensa pela obediência do servir.

Eles puderam ouvir de Jesus sobre a recompensa do servo fiel:

“Então Pedro, tomando a palavra, disse-lhe: Eis que nós deixamos tudo, e te seguimos; que receberemos? E Jesus disse-lhes: Em verdade vos digo que vós, que me seguistes, quando, na regeneração, o Filho do homem se assentar no trono da sua glória, também vos assentareis sobre doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel. E todo aquele que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou terras, por amor de meu nome, receberá cem vezes tanto, e herdará a vida eterna”. Mateus 19:27-29

Por mais difícil que seja o caminho do servo, é mais que confortante e inspirador, saber de que os servos de Jesus não estão sozinhos no caminhar. O próprio Senhor está com eles.

Foi assim com os discípulos no caminho de Emaús, eles se sentiam abandonados, com medo da perseguição, o Senhor havia sido morto na Cruz, o caminho parecia incerto.

Mas eles não estavam sozinhos, o Senhor estava com eles.

Vejamos o registro de Lucas no capitulo 24:

“E aconteceu que, indo eles falando entre si, e fazendo perguntas um ao outro, o mesmo Jesus se aproximou, e ia com eles”. Vs.15

“Abriram-se-lhes então os olhos, e o conheceram, e ele desapareceu-lhes. E disseram um para o outro: Porventura não ardia em nós o nosso coração quando, pelo caminho, nos falava, e quando nos abria as Escrituras? Vs.31,32

A grande verdade é que Jesus estará sempre ao lado dos seus servos, em todos os momentos, sejam nos momentos felizes ou nos mais difíceis.

Ele sempre nos fará lembrar das suas Escrituras, das suas promessas, pois elas se cumprem em nossa jornada de servo.

Assim como foi no caminho de Emaús, a presença do Senhor nos aquecerá o coração, encorajando-nos a continuar o caminho do servir, pois não estamos sozinhos, outros servos estão nesse caminho, o Senhor está junto aos seus.

Confie na promessa do Senhor: “…e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos”. Mateus 28:20

Amem!


About this entry