O servo e suas lembranças…

Com certeza todos temos boas e má lembranças.
Podemos afirmar que somos resultado do que lembramos.
As lembranças são pequenos resumos dos bons ou maus tempos da nossa vida.
É certo que a nossa vida continua, e que não podemos ficar parados no tempo, vivendo apenas de lembranças, mas também é certo que há momentos em que devemos buscar nas lembranças a força para renovar nossos propósitos e assim nos manter firmes no propósito de servirmos ao nosso Deus.

É importante saber que o nosso Deus também é um Deus de lembranças, ele faz questão de lembrar-se das suas promessas, dos seus acordos feitos com seus servos.

“O meu arco tenho posto nas nuvens; este será por sinal da aliança entre mim e a terra. E acontecerá que, quando eu trouxer nuvens sobre a terra, aparecerá o arco nas nuvens. Então me lembrarei da minha aliança, que está entre mim e vós, e entre toda a alma vivente de toda a carne; e as águas não se tornarão mais em dilúvio para destruir toda a carne. E estará o arco nas nuvens, e eu o verei, para me lembrar da aliança eterna entre Deus e toda a alma vivente de toda a carne, que está sobre a terra”. Gênesis 9:13-16

Se há alguma coisa da qual Deus faz questão de não se lembrar, são dos nossos pecados confessados a ele.

“Porque serei misericordioso para com suas iniquidades, E de seus pecados e de suas prevaricações não me lembrarei mais”. Hebreus 8:12

Assim deve ser com cada servo de Deus.

Devemos procurar lembrar de coisas e experiências que nos aproximam mais de Deus, que nos servem como motivação a continuar a servir e ser fiel aos nossos propósitos.

A bíblia nos ensina assim, através do servo Jeremias nós aprendemos que é mais importante lembrar aquilo que nos renova a esperança.

Jeremias reconhecia que havia momentos em sua vida, onde sua alma e seu espírito se abatiam, eram momentos em que ele se sentia sem forças e até mesmo sem esperança.

“Então disse eu: Já pereceu a minha força, como também a minha esperança no Senhor”. Lamentações 3:18

Como é difícil para um servo passar por esse momento.

A sua alma sente o gosto do fel, fica cheia de amargura: “Lembra-te da minha aflição e do meu pranto, do absinto e do fel. Minha alma certamente disto se lembra, e se abate dentro de mim”. Lamentações 3:19,20

Mas Jeremias trabalha com suas lembranças, ele dá preferência a pensar nas boas lembranças e delas extrair a força necessária para voltar a confiar.

Quais seriam essas boas lembranças?

“Disto me recordarei na minha mente; por isso esperarei”. Lamentações 3:21

Ele lembra-se das misericórdias do Senhor, ele lembra-se de que o Senhor é a sua porção diária, o seu alimento, a água viva que pode saciar a sua sede.

Ele com certeza recordava-se de tudo o que Deus havia feito no passado, do Livramento que alcançara o povo de Deus.

“As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; Novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade. A minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto esperarei nele”. Lamentações 3:22-24

Há algumas coisas das quais os servos não devem esquecer:

Devem lembrar-se de que vivem num mundo rodeados por pessoas, dentre elas muitas pobres espiritualmente e socialmente falando, as quais devem ser lembradas no vosso servir.

“Recomendando-nos somente que nos lembrássemos dos pobres, o que também procurei fazer com diligência”. Gálatas 2:10

“Lembrai-vos dos presos, como se estivésseis presos com eles, e dos maltratados, como sendo-o vós mesmos também no corpo”. Hebreus 13:3

Devem lembra-se de que Deus tem dado pastores para pastorear o seu povo, dos quais devem imitar o bom exemplo de fé e serviço.

“Lembrai-vos dos vossos pastores, que vos falaram a palavra de Deus, a fé dos quais imitai, atentando para a sua maneira de viver”. Hebreus 13:7

Não podemos negar que temos muitas boas lembranças a serem lembradas, mas é importante reconhecer que existe um agente muito especial, que nos foi dado por Jesus, o qual nos fará lembrar de tudo aquilo que nos poderá dar esperança e força para a vida, de tudo o que nos foi ensinado por Jesus.

“Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito”. João 14:26

Isto mostra o quanto é importante ser um servo cheio do Espírito Santo, a fim de que saiba escolher as lembranças que fortalecerão a sua alma, evitando aquelas que desmotivam a continuar a servir ao Senhor Jesus.

“Bom é o Senhor para os que esperam por ele, para a alma que o busca. Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do Senhor”. Lamentações 3:25,26

Amem!


About this entry