O servo e a igreja…


É importante que antes de tudo, o que serve, saiba realmente alguns princípios básicos que farão dele um servo aprovado, um servo que realiza aquilo que agrada ao seu Senhor e Deus.

Um principio básico para a vida do servo, é saber que ele é a igreja.

Mais que ser membro de uma organização chamada igreja, se faz necessário que o servo saiba que ele mesmo é a igreja, que tudo o que ele espera da igreja, deverá ser o que ele espera dele mesmo.

Há um pensamento que se faz realidade na vida de muitas pessoas,  que tem se tornado uma filosofia de vida, onde as pessoas se mostram indiferentes para com as demais, achando que suas vidas não tem nada a ver com as outras pessoas.

“Cada um por si e Deus por todos.”

Esse tem sido o modelo de vida estampado na face e no coração das pessoas nos dias de hoje. Também tem sido, infelizmente, o estilo de vida da igreja de Cristo nos dias atuais.

Todo aquele que serve a Deus, deve saber de uma vez por todas, que não é esse o estilo de vida da igreja estabelecida por Jesus, pois a igreja de Cristo, é uma igreja que se completa no seu todo, através da individualidade de seus membros.

“Ora, vós sois o corpo de Cristo, e seus membros em particular”.1ª Coríntios 12:27

Tudo o que acontece na vida da igreja, interfere na vida dos seus membros, assim como tudo o que acontece na vida dos membros interfere na vida da igreja.

“Porque nunca ninguém odiou a sua própria carne; antes a alimenta e sustenta, como também o Senhor à igreja; Porque somos membros do seu corpo, da sua carne, e dos seus ossos”. Efésios 5:29,30

Todo servo de Deus deve saber que a igreja da qual ele se diz membro, não vive da individualidade de um Deus e seus atributos, mas também, da mutualidade de todos os membros, da individualidade de sua vida e seu comportamento, da comunhão entre os membros e Deus.

É importante saber, de que a igreja não só se identifica com Deus, como também se identifica com a vida dos seus membros.

Portanto, o estilo de vida, “Cada um por si e Deus por todos”, não se aplica à igreja.

“E sujeitou todas as coisas a seus pés, e sobre todas as coisas o constituiu como cabeça da igreja, que é o seu corpo, a plenitude daquele que cumpre tudo em todos”. Efésios 1:22,23

Deus ao constituir sua igreja, fez de seus servos um corpo vivo, e constituiu a seu filho Jesus, como o cabeça desse corpo, do qual todos estamos sujeitos.

Sendo assim, todo servo deve saber que ele é a igreja, é membro desse corpo, está sujeito ao cabeça que é Jesus, como membro ele não vive para si, deve viver para o corpo.

Estamos convictos de que somos a igreja de Cristo no mundo?


About this entry